Make your own free website on Tripod.com

solar.gif

Página Inicial | Introdução | Técnica 1- Exposição da garganta ao Sol. | Técnica 2 - Fricção | Técnica 3 - Reversão | Técnica 4 - Hiperventilação nasal | Quadro-resumo das técnicas | Principais doenças respiratórias e as técnicas | Antibióticos, fármacos e automedicação | Apêndice: a gripe das aves | Fundamentos científicos

 

O objetivo deste site é trazer à luz quatro novas terapias alternativas simples e naturais para combater, sem o uso de medicamentos, os incômodos dos resfriados, gripes e todas as suas conseqüências, como: sinusites, otites, rinites, bronquites, pneumonias, asmas e alergias. Entenda como isto é  possível com relação às principais  doenças infecciosas das vias respiratórias e aprenda como pegar menos resfriados e gripes.

 

Na verdade, as técnicas apresentadas  apesar de ditas alternativas, se integram à medicina convencional, tanto pelos seus  fundamentos   científicos  quanto  pelos novos conceitos relativos ao tratamento das doenças de uma forma mais global ou holística,  onde  o  corpo  humano  e  os micróbios  são vistos menos como antagônicos e mais como complementares  e cujas relações dependeriam também de alguns  fatores  físicos  desencadeantes,  climáticos ou  ambientais. 

 

As quatro  técnicas foram desenvolvidas  a  partir  do inverno de 1987, sendo que a técnicas 1 e 3 são as mais importantes pela ação  eficaz  observada na prevenção e na cura de  algumas afecções respiratórias que se mostram bastante resistentes ao tratamento convencional, como: rinites de fundo alérgico, corrimento nasal, sinusites e otites relacionadas ou não a resfriados mal curados e ainda, na prevenção de resfriados, gripes, amigdalites, bronquites, peneumonias  e meningites.

  

As técnicas naturais e a teoria que as justifica estão descritas no site  e  o  nosso  principal  objetivo   é  o  de divulgá-las,  para que o  público possa delas se beneficiar, tanto no sentido de contrair menos gripes e resfriados, como em evitar  as complicações bacterianas decorrentes destas. 

Veremos que, na  maioria das vezes, essas doenças podem ser evitadas de  uma  forma  natural  e  sem o  uso dos fármacos. 

 

Por se relacionar  com  as  nossas teorias, incluímos um apêndice sobre a atual  gripe das aves, pois  acreditamos   que   existe   um   certo  alarde  quanto  à iminência  desta  doença   se  transformar  numa    pandemia  de  gripe  humana  semelhante   à   gripe  espanhola  ocorrida  no século  passado.

Acrescentamos também  um  quadro-resumo para que o leitor possa acessar diretamente as doenças e as respectivas técnicas, após estar familiarizado com as mesmas.

Recentemente, incluimos ainda as últimas conclusões sobre a aplicação da radiação solar na garganta (técnica 1) para ajudar a combater naturalmente a depressão e o hipotireoidismo. 

 

O sol  deve  ainda ser  considerado    um  enorme desperdício   como   fonte  de  energia para a humanidade, apesar de nos proporcionar todos os elementos químicos, a vida  e  o  calor.  Num futuro próximo, a energia solar será   utilizada  como um manancial  perene  de  energia  limpa  e  na  cura de várias doenças.

A vida começa com  elétrons correndo nas cadeias carbônicas. O  sol, além de produzir todos os elementos, faz os elétrons correrem.

 

Resumo:

Apresentamos quatro novas terapias alternativas desenvolvidas e testadas nos últimos vinte anos para combater as principais doenças respiratórias humanas.
Os microrganismos são considerados nas mucosas nasal e faríngea como atuando ainda fora do organismo.

 

O principal objetivo é o de se tentar prevenir as doenças antes que os vírus e bactérias consigam penetrar a membrana mucosa, que constitui nossa maior proteção contra as infecções respiratórias, mas foi sempre relegada a um segundo plano, principalmente se levarmos em conta o quanto essas mucosas são sensíveis às alterações climático-ambientais que atuam na superfície do nosso corpo, desequilibrando os níveis térmicos e as cargas elétricas das mucosas.
Então, a influência dos fatores climáticos e ambientais também é considerada de fundamental importância na etiologia das infecções, predispondo decisivamente às mesmas, ao contrário do que é ainda  preconizado pela medicina convencional.
Ao final, desenvolvemos algumas teorias sobre os prováveis mecanismos de  ação das quatro técnicas naturais apresentadas.

 

Abstract:
 
This site introduces four alternative technics developed during the past twenty years in order to face respiratory diseases. Microorganisms are considered in the mucous membrane as acting still outside the human organism and the aim is to prevent illness before they succeed in getting into it. Influences of environmental and climate factors are also emphasized in the etiology of infections.

At the end of the site we developed some theories about the problable action mechanisms  for  the  four natural techniques.

 

 

Alexandre E. S. Visconti

         Bioquímico

 

alex_visconti@uol.com.br

 

 

 

 

 

j0289531.jpg
Teoria registrada; técnicas para a humanidade.

Nome
Email
Dúvidas e Comentários
  

solpoente.jpg